sábado, 30 de janeiro de 2010

"SUA LIBERDADE, O APRISIONA"


Meu querido Senhor Syama, Você permitiu que eu passasse pela porta para a liberdade, embora eu continue me mantendo como prisioneiro de minha mente e meus sentidos.
Mas agora eu fiquei confuso e entrei em uma posição perigosa.
Veja só: tolo como sou, estou inclinado a pensar que tenho direito a reivindicar todas as bênçãos imotivadas que Você me deu. Mas, na realidade, está muito óbvio para todos, exceto eu, que essas bênçãos são apenas iscas dadas por Você para induzir este negociante com motivações egoístas a se tornar Seu verdadeiro devoto.
Senhor Syamasundara, por favor, não deixe que eu me torne orgulhoso de nossa conexão, pois, caso isto aconteça, eu estarei condenado ao fracasso eterno.

Bhakti Tirtha Swami.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

"A CARROÇA VAZIA"

"Certa manhã, meu pai, muito sábio, convidou-me a dar um passeio no bosque e eu aceitei com prazer. Ele se deteve numa clareira e depois de um pequeno silêncio me perguntou:

- Além do cantar dos pássaros, você está ouvindo mais alguma coisa?

Apurei os ouvidos alguns segundos e respondi:

- Estou ouvindo um barulho de carroça.

- Isso mesmo - disse meu pai - é uma carroça vazia.

Perguntei ao meu pai:

- Como pode saber que a carroça está vazia, se ainda não a vimos?

- Ora - respondeu meu pai - é muito fácil saber que uma carroça está vazia por causa do barulho. Quanto mais vazia a carroça, maior é o barulho que faz.

Tornei-me adulto, e até hoje, quando vejo uma pessoa falando demais, gritando (no sentido de intimidar), tratando o próximo com grossura inoportuna, prepotente, interrompendo a conversa de todo mundo e, querendo demonstrar que é a dona da razão e da verdade absoluta, tenho a impressão de ouvir a voz do meu pai dizendo:

Quanto mais vazia a carroça, mais barulho ela faz”.


=/=/==/=/=/=/=/=/=/=/=/=/=/=/=/=/=/=/=/=/=/=/=/=/=/=/

"Trate cada pessoa com bhakti e carinho, como se o sucesso ou falha de sua vida espiritual dependesse disto. Não leve em consideração como eles tratam você. A maneira como você trata as pessoas é a maneira como você trata o Guru e Krishna. Você deve tratar cada pessoa com quem você entra em contato, com o mesmo carinho que você trata a pessoa que você mais ama."

Bhakti Tirtha Swami

sábado, 9 de janeiro de 2010

"MAIS UM JANEIRO"



O tempo passou, ou melhor, está passando; uns dizem que estou acabado, outros dizem que estou "enxuto" ( gíria regional ) ainda...rsrss; isto pra mim não tem a menor importância. O que mais valorizo são as realizações interna que venho construindo ao longo deste pequeno intervalo de vida material; o resto ficará tudo para trás; o que levaremos é só nossa consciência.
Tenho sempre presente minhas condições físicas, saúde boa, envelhecimento, algumas limitações sim...rsrss...porém, apesar deste avanço da idade, tenho o espírito jovem.
Não desistam da vida, leiam mais, desenvolvam a fé em Deus; temos motivo pra chorar sim...mas temos também muitos motivos para rir e compartilhar com outras pessoas; procurem viver uma vida tranquila apesar de tantas condicões desfavoráveis; cuidem de suas mentes; não seja uma pessoa chata.
Não esqueçam que a morte está bem na nossa frente, faça de tudo para que você não seja o causador de seu encontro com ela.
Espero que tenham uma boa vida e uma boa morte.
*************************************************************
"Isto é para poucos! Os poucos que crêem na vida, no amor, os poucos que acreditam que tudo vai melhorar, os que tem a plena certeza de que vai dar certo. Os que derrotam a solidão ao acreditar em um sonho, aos que sem dizer nada dizem absolutamente tudo. As pessoas que investem na alegria do próximo, aos que não acreditam que o dinheiro traz felicidade, aos que compram os corações e não as aparências. Isto vai para aqueles que sabem ouvir, aos que sabem falar sem ferir, para as poucas pessoas que estendem a mão mesmo quando tudo parece impossível. Para os poucos que acreditam simplesmente na LUZ, pelo simples fato de acreditar. Pois são estes que dão a outra face para bater, são esses que constroem o chão quando o chão parece faltar, porque são especiais em tudo que fazem, a viver de amor e até morrer por ele!" (Fábio Mascarenhas Salge)*************************************************************
"Se quisermos que a Terra reencontre seu equilíbrio, devemos começar por nós mesmos: fazer tudo sem estresse, com mais serenidade, com mais amor, que é uma energia essencialmente harmonizadora. Para isso importa termos coragem de ser ANTICULTURA DOMINANTE, que nos obriga a ser cada vez mais competitivos e desumanos. Precisamos respirar juntos com a Terra e com todas as suas criaturas, para, assim, conspirar com ela pela Paz."
(Leonardo Boff)